Tecnologia Assistiva: como a tecnologia pode ajudar pessoas com deficiência

20.05.2019

Com o avanço da medicina e da tecnologia assistiva, as pessoas com deficiência já possuem a expectativa de vida aumentada. Conheça as tecnologias!

Como a tecnologia pode ajudar pessoas com deficiência

Felizmente, com o avanço da medicina e da tecnologia assistiva, as pessoas com deficiência já possuem a expectativa de vida aumentada. Eles estão envelhecendo e questões importantes têm sido colocadas em destaque e precisam ser consideradas como autonomia e independência.

Autonomia é a capacidade de fazer escolhas. Já a independência está atrelada à capacidade funcional da pessoa em realizar as atividades sem ajuda de alguém. Essa capacidade pode ser comprometida por causa de complicações de mobilidade ou de comunicação causadas pela deficiência.

Recursos tecnológicos especializados estão sendo desenvolvidos com maior frequência nos últimos anos com o objetivo de simplificar tarefas e permitir que elas sejam realizadas por pessoas com deficiência.

Tecnologia Assistiva

A tecnologia assistiva, como é chamada, é um termo novo e ainda pouco conhecido. Ele identifica um conjunto de recursos e serviços que proporcionam ou ampliam as habilidades funcionais de pessoas com deficiência.

Esse tipo de recurso contribui muito para a inclusão social desse grupo de pessoas, promovendo mais qualidade de vida e independência. Os recursos utilizados nessa tecnologia são, em sua maioria, equipamentos, produtos ou sistemas desenvolvidos para melhorar a capacidade funcional.

Serviços também podem ser inseridos na tecnologia assistiva.

Hoje já existem muitas empresas especializadas em adaptação e fabricação de equipamentos e na prestação de serviços bastante inovadores. Vamos conhecer alguns deles.

Bengala luminosa

Projeto que auxilia idosos e pessoas com mobilidade reduzida a se locomover com mais facilidade em lugares com pouco iluminação. A bengala pesa um pouco mais de 500g e mede 80 centímetros, aproximadamente. A luz é produzida por pilhas e acionada por um botão na parte superior.

Pernas robóticas

O Rex (exoesqueleto robótico) foi desenvolvido para ajudar na locomoção de pessoas  com paraplegia. Sendo assim, as pernas robóticas permitem que essas pessoas andem e até subam escadas. O controle é feito através de um joystick e os movimentos são alimentados por bateria recarregável, que dura aproximadamente duas horas. A roupa por der usada todos os dias, entretanto pesa cerca de 38kg.

Mouse ocular

Recurso voltado, principalmente, para tetraplégicos, utiliza a movimentação dos músculos do globo ocular para controlar o cursor do mouse. O sistema consegue diferenciar sinais voluntários e involuntários evitando, dessa forma, que comandos errados sejam enviados.

Primeiramente, para utilização, são fixados eletrodos na face, e a pessoa controla o cursor movimentando os olhos e piscando. Um sistema processa os sinais e converte em comandos elétricos que são enviados para o computador.

Mouse de cabeça

É um dispositivo ligado a uma webcam que identifica os movimentos faciais e da cabeça para movimentar o mouse na tela do computador. Para funcionar os movimentos devem ser leves e para clicar é preciso abrir e fechar a boca.

Telefones para surdos

Um sistema que permite a comunicação com qualquer dispositivo através da digitação de mensagens em um teclado. A Central de Intermediação Surdo Ouvinte processa as mensagens e direciona para a outra parte

Voice Stick

Um aparelho semelhante a uma caneta, todavia com função de scanner, que reconhece as palavras escritas e as transforma em sons. Sua função é auxiliar pessoas com deficiência visual na leitura de textos nos mais diversos formatos.

Adaptação em veículos

A tecnologia assistiva também permite que diversos recursos sejam implantados nos veículos de passeio ou coletivos para que pessoas consigam dirigir ou serem transportadas com segurança.

A Essence Cuidados se orgulha de contribuir com a melhoria da qualidade de vida através de seus serviços de transporte especializado para idosos e pessoas com deficiência.

Afinal, o transporte adequado proporciona mais autonomia e permite que pessoas com mobilidade reduzida tenham uma vida normal e ativa.

Conheça os nossos serviços e solicite um orçamento.

Tags:
  • Acessibilidade
  • cidade inclusiva
  • Dicas de acessibilidade
  • inclusão da pessoa com deficiência
  • Inclusão Social
  • pessoa com deficiência
  • Tecnologia assistiva
  • Tecnologia para inclusão

Deixe um comentário

1 comentário em “Tecnologia Assistiva: como a tecnologia pode ajudar pessoas com deficiência”

Deixe uma resposta

O seu comentário será publicado no Facebook.


Voltar