Cuidados necessários no transporte de pessoas com deficiência

13.05.2019

De acordo com o último censo do IBGE, 45,6 milhões de pessoas no Brasil declararam possuírem algum tipo de deficiência. Isso corresponde a quase 24% da população, mas, apesar do número expressivo, essas pessoas não vivem uma sociedade adaptada.

Apesar disso, a vida de uma pessoa com deficiência ainda é bastante difícil.  Uma das inúmeras dificuldades enfrentadas diariamente por essas pessoas está relacionada à falta de acessibilidade na maioria das cidades.

Calçadas sem rampa, grandes escadas, acesso precário ao transporte coletivo tornam um sacrifício as atividades mais simples.

Desde 2000 existem leis que determinam regras de acessibilidade urbana. Desde então, por exemplo, todos os transportes coletivos devem ter equipamentos para facilitar a acessibilidade de pessoas com deficiência física. Mas sabemos que na prática não é assim que funciona, infelizmente.

E, muito mais do que apenas ter um equipamento que facilite o embarque, o transporte de pessoas com deficiência exige outros cuidados.

Cuidados necessários no transporte de pessoas com deficiência física

Um dos exemplos mais claros envolve a fixação da cadeira de rodas.  Ela pode se desestabilizar mais facilmente se não for presa corretamente no veículo. É fundamental observar a forma adequada de usar os cintos e fivelas de amarração da cadeira para garantir a segurança.

O motorista precisa receber treinamento para dar assistência necessária, posicionando a cadeira nos locais adequados para facilitar a mobilidade. Além disso, a condução do veículo também deve ser mais lenta, sem movimentos bruscos, curvas fechadas ou freadas repentinas que podem desequilibrar a cadeira de rodas.

São cuidados simples que normalmente não são observados por pessoas sem capacitação.

Transporte acessível facilita a vida da pessoa com deficiência

A falta de mobilidade é um dos grandes empecilhos que afastam as pessoas com deficiência de uma vida normal. Muitas vezes viajar com amigos, frequentar um curso, e até mesmo continuar trabalhando diariamente em alguma empresa são grandes desafios.

Apesar de não excluir a necessidade das autoridades criarem ações mais efetivas para melhorar a acessibilidade das cidades e dos transportes, hoje já existem algumas opções que amenizam esse problema, que vamos conhecer agora.

1.     Carro adaptado

Sem dúvidas essa é a opção mais cômoda de transporte para pessoas com deficiência. Hoje existem carros adaptados para diferentes tipos de necessidades e isso os torna muito úteis, seguros e confortáveis. O motorista precisa ter a carteira de habilitação, como qualquer outra pessoa, devendo ser aprovado nos testes necessários.

Os veículos adaptados podem ter um custo maior do que o dos veículos convencionais. Apesar disso, se a pessoa com deficiência tem uma vida ativa, essa certamente é a melhor opção.

2.     Táxi ou transporte de aplicativo

Essa pode ser uma boa alternativa para situações esporádicas. Mas, frequentemente, a pessoa com deficiência esbarra nos mesmos problemas enfrentados no transporte público, sem ter acesso à carros adaptados.

É preciso solicitar um veículo adaptado e contar com a boa vontade do motorista para ajudar o passageiro a se posicionar corretamente no veículo.

3.     Empresas especializadas de transporte para pessoas com deficiência ou idosos

Sim, hoje existem empresas especializadas nesse tipo de serviço, que agregam valores importantes para os clientes. Entre eles cuidadores profissionais treinados como motoristas, serviço de acompanhamento a consultas ou exames, além da segurança e monitoramento disponível.

Algumas dessas empresas, como a Essence Cuidados, de Recife, organizam passeios para os principais pontos turísticos da cidade. Além disso, fazem o transporte para viagens em família, oferecem o acompanhamento em consultas médicas e exames, entre outros serviços.

São atividades que se tornam impeditivas para a pessoa com deficiência, mas que ajudam a tornar a vida dessa pessoa mais rica.

Outra vantagem desse serviço é que todos os veículos permitem o monitoramento pelo familiar da pessoa que está sendo transportada. Além disso, os motoristas são cuidadores profissionais capacitados para oferecer o melhor atendimento ao cliente.

Agora você já sabe que o transporte de pessoas com deficiência física exige cuidados. Além disso, que existem algumas boas opções que facilitam a realização de atividades importantes do dia a dia. 

Tags:
  • Acessibilidade
  • cidade inclusiva
  • mobilidade urbana
  • Pessoas com Deficiência
  • transporte acessível
  • Transporte adaptado
Categoria(s):

Deixe um comentário

2 comentários em “Cuidados necessários no transporte de pessoas com deficiência”

    1. Que bom que gostou do conteúdo, Janete! Caso precise de apoio no transporte de pessoa com deficiência, possuímos veículos adaptados e cuidadores capacitados! fique a vontade para entrar em contato conosco através do (81) 3419-8086!

Deixe uma resposta

O seu comentário será publicado no Facebook.


Voltar